SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34



Perda de cestas básicas? De merenda escolar? A verdade contra Fake News

06/10/2021

Compartilhar



Na tarde de terça-feira, 5, páginas na rede social FACEBOOK e aplicativos de mensagens traziam a informação de que “... centenas de famílias estarem passando dificuldade, sem ter alimentos, as cestas básicas doadas pelo Governo do Estado e arrecadadas por meio de doações da população estavam amontoadas no antigo galpão da Alimentação Escolar, no bairro João de Souza.”

A mensagem fez alusão à forte chuva que acometeu a cidade e, de fato, causou estragos em diversos prédios pela cidade. DEMOCRATA abordou o assunto que pode ser lido AQUI.

Na verdade, as cestas mostradas na imagem não se tratam de cestas básicas oriundas de “doação da população”, mas de cestas enviadas pelo Fundo Social de São Paulo, órgão do Governo do Estado, e que tiveram sua distribuição interrompida por determinação do próprio Fundo Estadual que alegou haver “problemas nas especificações” dos produtos, determinando “suspensão provisória da distribuição das cestas básicas de alimentos provenientes de doação deste FUSSP em setembro de 2021, caso ainda estejam sob posse da entidade.”

Cópia do ofício foi obtida pela reportagem de DEMOCRATA e pode ser acessado AQUI.

Na tarde de terça-feira, 5, antes da sessão na Câmara Municipal a presidente do Fundo Social de Solidariedade e a Secretária de Assistência e Inclusão Social explicaram todo o havido.

A Presidente do Fundo Social de Solidariedade informou que as Cestas Básicas para distribuição estão já nos CRAS e que a interrupção da distribuição destas cestas por parte do Fundo Estadual não causou qualquer interrupção em distribuição de Cestas Sociais. Inclusive informou que, junto com a Secretaria de Educação, o Fundo está promovendo uma Campanha de arrecadação de alimentos junto a estudantes, a Gincana Solidária. Esta Gincana foi matéria do DEMOCRATA e pode ser lida AQUI.

Ao final, poucas cestas cuja distribuição está proibida pelo Fundo Social acabaram sendo molhadas com a chuva que causou danos em diversos prédios - públicos e privados - na cidade. Não houve qualquer prejuízo à população carente por esta interrupção porque o Fundo Social de Solidariedade está trabalhando duro para substituir estas cestas por outras, de fato amealhadas dentro da comunidade. 

Quando a tratar-se de perdimento de material de merenda escolar, novamente DEMOCRATA apurou tratar-se de mentira. A reportagem do jornal esteve no prédio da Secretaria de Educação, onde ainda está sendo recebida merenda escolar, e acompanhou a chegada de hortifrúti de produtores locais, que entregam por meio de uma cooperativa, com caixas padronizadas. A presença de nutricionista no local e toda movimentação dos produtos da merenda esteve dentro dos conformes e nenhuma merenda escolar foi perdida.

DEMOCRATA, um jornal NECESSÁRIO

 

 



Comentários


















Leia também:

Nacionais
Vice-prefeito é detido após invadir casa da ex-esposa em Guaxupé

São José do Rio Pardo
Fundação Educacional participa de etapa de debates da CONAE 2022

Caconde
Rua Alonso Leonel de Paiva está interditada. Por tempo indeterminado

Policiais
Delivery de maconha causa prisão no bairro Morro Azul em Mococa

Mais notícias…




Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais

contato@jornaldemocrata.com.br