SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34



Cunhada do prefeito critica professores e Sindicato publica nota de repúdio

28/10/2021

Compartilhar



A polêmica teve início com uma postagem, pública e aberta, feita pela cunhada do prefeito de Mococa, Eduardo Barison.  

A cunhada do prefeito, Patrícia Pires, efetuou publicação ontem  no início da noite, dizendo:

Educação no Brasil não é prioridade. Quase 2 anos sem aula presencial e qdo volta já tem semana do saco cheio.
Dia do Professor, dá-lhe feriado. E se no dia do médico eles TB não trabalhassem??!!
Feriado é na terça, recesso na segunda. Feriado na quinta, recesso na sexta.
Férias no meio do ano, férias final do ano e emenda começo de ano.
Tantos dias no ano sem ensinar, sem frequentar escola. Diz-se que são nos primeiros anos de vida que a criança absorve mais, mas aí como fica?
A maioria dos pais que eu conheço, inclusive eu, coloca o filho pequeno na escola por ter que trabalhar. A escola que minha filha frequenta é ótima, eu a deixo com o coração tranquilo, mas as tantas vezes que não tem aula como a gente fica? Inventa babá, trabalha com filho no colo ou chorando no pé. Deixa com avó, tio, paga uma escola, enfim, se vira como pode, como dá. Será que pode mudar? Será que poderiam trabalhar como trabalhadores normais, que gozam de 30 dias de férias e que qdo saem de férias tem um profissional substituto??!! Será que nas férias de final e começo de ano não tá bom de férias pra todos??? Estou desabafando, cansada, exausta.

A manifestação acabou tendo uma grande repercussão, especialmente por vir da família do prefeito e causou muito indignação principalmente entre os professores, através de grupos de WhatsApp. Indignados mas com medo de se posicionar e sofrer represálias por parte do prefeito, cobraram o Sindicado dos Funcionários Públicos Municipais de Mococa que se posicionou oficialmente e  publicou mais tarde uma nota de repúdio, e, sem citar diretamente a postagem em rede social feita pela cunhada do Prefeito, Eduardo Barison, disse:

 

Nota de repúdio.

Em razão de comentário publicado em rede social, nesta data, o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Mococa vem a público repudiar, veementemente, qualquer insinuação que possa macular a importância da categoria composta por professores e demais profissionais integrantes da Educação municipal. A sociedade atual tem importantes peculiaridades, tais como acesso a informações e a liberdade de expressão, que a todo custo devem ser enaltecidas. No entanto, todos devemos ter atenção para não ofender ao próximo. O infeliz comentário pretende que os professores trabalhem ainda mais, além dos 200 dias letivos em sala de aula. Porém, o que deve ficar em mente é que os professores, sobretudo os integrantes do quadro do magistério municipal, constantemente estão trabalhando, seja participando de cursos de aperfeiçoamento e atualização, seja em contínuo estudo ou seja em preparação e produção de materiais didáticos, muitas vezes por si custeados, que serão utilizados pelos alunos. Que fique claro que os sistemas educacionais de todo o mundo utilizam critérios para se estabelecer o calendário anual, similares ao brasileiro. Tais sistemas são estudados, pensados e definidos por especialistas no assunto, assim, não podemos aceitar que comentários de alguém com dificuldades cotidianas na organização familiar possa tentar ofender profissionais compromissados e competentes e, acima de tudo, já com uma carga de trabalho árdua e excessiva. Escola tem sua função definida, que não é ser espaço para guardar crianças por 365 dias no ano enquanto seus pais se ocupam de outras atividades! Mas fica a satisfação: acesso a informações e a expressão de pensamentos por escrito só são possíveis graças aos professores que dedicaram esforços para alfabetizar e levar conhecimento a toda a sociedade. Nossas sinceras homenagens a todos os professores e demais profissionais que integram a Educação Municipal de Mococa.
 

Nem o prefeito, Eduardo Barison, nem a presidente da Câmara Municipal, Elisângela Masini Maziero Breganoli, retornaram o contato do jornal para comentar o caso.

 

Aaixo imagem da postagem da cunhada do prefeito. Em azul, no texto acima, links para ambas as postagens.

 

 

 

 



Comentários


















Leia também:

Polêmica
Vereadores devem ajudar cidadãos, ex-cabos eleitorais que passem dificuldades?

São José do Rio Pardo
Trecho da Perimetral será recapeado vereador explica alterações

São José do Rio Pardo
Uma rua e trecho de outras duas serão recapeadas no Bela Vista

Religião
Rafal Kocian concita a que texto religioso lido seja de Chiara Lubich

Mais notícias…




Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais

contato@jornaldemocrata.com.br