SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34



Secretário anuncia criação do AME municipal em São José do Rio Pardo

12/11/2021

Compartilhar



Em audiência pública realizada de forma conjunta entre prefeitura e Câmara Municipal, ontem, 11, no prédio da Câmara Municipal as 19h30, o Secretário de Saúde e Medicina Preventiva, Paulo Eduardo Gonçalves Boldrin, anunciou projeto de construção e criação de um Ambulatório de Especialidades Médicas em São José do Rio Pardo.

A ideia inicial seria construir um prédio próprio, em área contígua ao prédio da Secretaria de Educação, próximo à ETEC. Segundo o Secretário, à exceção de ortopedia (que seria transferida para o prédio central do PPA) e a Oncologia (que deve permanecer no prédio antiga UPA).

No AME municipal está prevista, também, a instalação da Rede Cegonha:  uma estratégia do Ministério da Saúde que visa implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Um dos problemas para a implantação da medida, óbvio, é a questão de natureza financeira. O Deputado Estadual André do Prado, através do suplente de deputado federal Matheus Mafepi, apalavrou-se em encaminhar R$ 1 milhão para este fim. A medida tem apoio do vice-governador Rodrigo Garcia e do governador João Dória, que tem procurado diversificar os investimentos em equipamentos públicos do estado em mais cidades e regiões.  Em governos anteriores, sem dúvida, esses recursos seriam destinados para São João da Boa Vista.  Com a nova política outras cidades da região começam a receber também invetimentos, como poupa-tempo em São José do Rio Pardo e Mococa. 

Ainda como fonte de recursos, o presidente da Câmara mencinou que até agora 9 vereadores se dispuseram e encaminhar parte de suas emendas impositivas para o AME municipal. Assim já haveria em torno de R$ 1,9 milhões para o projeto, orçado em R$ 3 milhões. Segundo o Secretário, o saldo remanescente não seria de difícil obtenção. 

Talvez a maior dificuldade seria a oposição intransigente ao projeto. Henrique Torres, Paulão da Rádio, Toco Quessada e Rubinho Pinheiro já se manifestaram contra a vinda de verba para construção de uma quadra de esportes para alunos da FEUC por ela não ser destinada a construção em um clube privado ligado ao grupo político de Silvio Torres, autor da emenda.  Já é esperado uma resistência do grupo de oposição, que privilegia política que favoreçam pessoas de classes economicas mais altas. Exemplo claro é o vereador Rubinho Pinheiro, que já lutou, e conseguiu, trazer academias ao ar livre para alguns bairros da cidade. Após coligar-se ao grupo tucano, votou até contra verba para construção de quadra para a FEUC.

Haja visto que este vereadores, e outros como Navega, sequer compareceram a audiência pública para tratar do assunto, dando a entender com seu comportamento menoscabo por políticas públicas sociais populares.

Abaixo as imagens das cadeiras dos vereadores Henrique Torres, Paulão da Rádio e Toco Quessada: vazias durante uma das audiências públicas mais importantes do ano.

Matéria completa na edição de amanhã do DEMOCRATA: um jornal NECESSÁRIO

 

 

 



Comentários


















Leia também:

Polêmica
Vereadores devem ajudar cidadãos, ex-cabos eleitorais que passem dificuldades?

São José do Rio Pardo
Trecho da Perimetral será recapeado vereador explica alterações

São José do Rio Pardo
Uma rua e trecho de outras duas serão recapeadas no Bela Vista

Religião
Rafal Kocian concita a que texto religioso lido seja de Chiara Lubich

Mais notícias…




Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais

contato@jornaldemocrata.com.br