SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34

Operação "Luz da Infância"

20/11/2020 - Josanete Monteiro Gozzo

No dia seis de novembro desse ano foi realizada, em vários estados brasileiros (São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Pará, Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande dos Sul, Ceará e Minas Gerais), a sétima fase da operação “Luz da Infância” que tem como objetivo de identificar e combater os crimes sexuais praticados contra crianças e adolescentes, principalmente o crime de produção e distribuição de material pornográfico infantil pela internet.

Essa operação foi deflagrada pelo Ministério da Justiça, com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e cumpriu 137 mandados de busca e apreensão com 49 pessoas presas em flagrante, até o momento.

Os criminosos comercializam e distribuem esse material, em grande parte, pela internet, conectados a uma rede internacional criminosa e, por esse motivo, houve, também, 52 medidas sendo executada em outros países; Argentina, Panamá, Paraguai e Estados Unidos.

Com o maior número, no estado de São Paulo, os trabalhos foram coordenados pelo Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro) para o cumprimento de mais de 50 mandados de busca e apreensão na Capital, Grande SP e regiões de São José dos Campos, Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, Santos, Sorocaba, Sumaré, Santa Bárbara d’Oeste e Piracicaba. Como resultado, além das prisões, foram apreendidos dois adolescentes e recolhidos 146 computadores e notebooks, 51 HDs, 92 pen drives, 25 cartões de memória, três máquinas fotográficas, cinco video games, 1.716 mil CDs, 253 outros objetos, bem como três armas de fogo, 282 munições e porções de drogas, como maconha, cocaína e ecstasy. Todo material foi encaminhado à perícia.

Em uma cidade, do estado de São Paulo, foi encontrado um estúdio onde eram produzidos conteúdos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Para alimentar a lascívia de pedófilos com esse tipo de material, muitas crianças, inclusive bebês, são cruelmente violentados.

É nossa obrigação combater esse tipo de crime denunciando qualquer situação suspeita, páginas da internet que possuam conteúdo suspeito, mensagens ou e-mails recebidos contendo pornografia infantil.

Não se cale, não ignore, denuncie sempre!

Disque 100
 



Mais artigos de Josanete Monteiro Gozzo

Mais notícias

Mais notícias…

Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais