SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34

Má qualidade do sono: insônia

19/12/2020 - Alessandra Pimenta

A insônia é um distúrbio do sono que afeta muitas pessoas. Dada a importância do sono, fica claro que a insônia pode ser o grande vilão da qualidade de vida. É preciso entender que a insônia pode ser a causa de muitos problemas ou a consequência de outros. A exemplo disto podemos citar algumas situações de estresse que geram a insônia, ou, por outro lado, a falta de regularidade nas horas de sono, que desenvolvem a insônia e a partir desta surgem outros graves problemas de saúde.


O autoconhecimento é a chave para a solução de muitos problemas, e com a insônia não é diferente. Se soubermos o que está causando a insônia saberemos como solucioná-la.


Insônia e seus sintomas: A insônia é caracterizada pela dificuldade de pegar no sono e também acordar muitas vezes durante a noite, mas outros sintomas também caracterizam a insônia. Seus principais sintomas são: dificuldade para continuar o sono depois de ter acordado durante a noite, crises de ansiedade, falta de memória, dores de cabeça, acordar bem mais cedo do que o normal para sua rotina.


A insônia pode ser classificada por seu tempo de duração e também pela frequência. Quanto maior for o tempo de duração e maior a frequência da insônia maior será o número de problemas de saúde desenvolvidos.


Maus hábitos antes de dormir: Dentre as inúmeras causas de insônia está o uso de aparelhos eletrônicos antes de dormir, tais como uso de celular ou TV. Sabemos que nosso cérebro não desliga durante a noite e nosso inconsciente está atento a tudo o que acontece ao nosso redor, então o melhor é desligar as luzes dos eletrônicos para dormir melhor, afinal as luzes acessas afetam diretamente na melatonina, que é um hormônio indutor do sono.


O estresse mental: Este cansaço mental ocorre normalmente ao passarmos por muitas situações estressantes. Ao se deitar a pessoa não desliga dos problemas, demorando para adormecer ou acordando diversas vezes na noite. Ter insônia por alguns dias por estar estressado é comum e normalmente não afeta a saúde física, pois passando o período de estresse a insônia também vai embora, porém você deve ficar atento se isso persistir por um longo período de tempo e procurar um profissional de saúde caso a insônia dure mais de três semanas.


Algumas formas de evitar esse tipo de insônia são praticar alguma atividade física, praticar meditação, se envolver em alguma outra atividade que propicie a sensação de bem estar, diminuindo o estresse. Identificar bem quais situações e os motivos que trazem o estresse pode ajudar a evitar o cansaço mental.
Hábitos para ter uma boa noite de sono: Todo o ambiente em que dormirmos deve estar preparado para isto.


1. Crie uma rotina para dormir, com horários fixos para ir se deitar.


2. Tomar um banho morno e um chá quente pode ajudar muito também.


3. Se o local onde você dorme tem muito barulho, utilize um protetor de ouvido e mantenha o mínimo de luzes ligadas.


4. Evite dormir durante o dia para tentar suprir as noites sem sono.


5. Evite bebidas com cafeína e álcool antes de dormir.


6. Se for ouvir alguma música, escolha aquelas que são relaxantes.


7. Evitar atividades como estudar, se alimentar ou passar horas lendo na cama, pois isso pode condicionar seu cérebro de uma maneira negativa, ou seja, a cama deixa de ser o local para dormir. 

Alessandra Pimenta de Souza é psicóloga Clínica, inscrita no CRP 06/137648 e atua com foco na terapia comportamental. Contato: (19) 99291-9886 – Instagran: @alessandrapiment.psi


Mais artigos de Alessandra Pimenta

Mais notícias

Mais notícias…

Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais