SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34

Pessoalidade X Republicanismo

29/03/2021

O prefeito Eduardo Ribeiro Barison tem prestado um desserviço à cidade de Mococa com sua conduta.
Aparentemente incapaz de tratar as questões públicas como republicanas, trata tudo como se fosse pessoal. A todo tempo, a toda forma.
Em transmissão ao vivo na quinta-feira, 18, deixou de responder a várias questões da imprensa e, quando questionado sobre fato relevante e de interesse público, pôs-se a ofender o repórter, como se ele, Barison, fosse uma divindade do alto Olimpo sendo desrespeitada por um mortal.
Suado, Barison passou a desferir mentiras e ofensas que geraram uma queixa crime e uma ação indenizatória.
Por um lado, perdeu uma ótima oportunidade de agir como prefeito, não como moleque mimado, respondendo de forma impessoal e republicana a uma questão que interessa a toda a comunidade.
Quando vereador, esgotou-se em falar que toda contratação emergencial seria suspeita. Como vereador, ajudou a criar uma comissão processante que ele e Val Miranda participaram, negando direito a defesa do ex-prefeito Felipe Naufel. O Tribunal de Justiça reconheceu as nulidades praticadas por Val Miranda e Eduardo Barison e anulou o processo.
A comissão processante ainda foi aberta com acusação por parte de servidor comissionado da própria Câmara Municipal de que o carimbo de protocolo foi adulterado, coisa seríssima que está sendo apurada pela Delegacia Seccional em Casa Branca.
E por que houve essa comissão processante? Segundo Barison, por haver Felipe Naufel contratado uma empresa de transporte coletivo urbano com dispensa de licitação, por contratação emergencial.
E o que fez Barison, não o vereador, mas agora o prefeito? Exatamente a mesma coisa: contratação emergencial de uma empresa para prestação de serviços de transporte coletivo. Alega uma suposta economia, mas até agora não aceitou abrir o contrato e as planilhas para uma conferência pública.
Questionado pela imprensa, exatamente pelas razões pelas quais, agora prefeito, realizou uma contratação emergencial, o que faz Barison? Passa a gredir moralmente o repórter, inventando mentiras.
A falta de respeito por uma imprensa livre e independente é uma vergonha para o prefeito e para todo seu grupo político.
O tempo dos coronéis, do “sabe com quem está falando?” acabou, passou.
Vivemos dias de redes sociais, de comunicação de massa, de transparência.
Ao ocultar informações e documentos e ao descompensar-se quando questionado, além da falta de estabilidade emocional Barison mostra despreparo para ocupar o cargo que ocupa, ao qual chegou pela notável abstenção nas urnas em Mococa.
Ao eleger-se prefeito deveria estar apto a responder as perguntas da imprensa. A cada pergunta que não lhe agrada, Barison mostra um destempero emocional, uma agressividade que não condiz com a nobreza do cargo que ocupa.
A menos que queira de cercar de jornalistas que somente elogiam (e os há, não precisa nem procurar), se quer lidar com uma imprensa livre, Barison precisa aprender a respeitar.
Não é só ele que tem família ou só a família dele que merece respeito. Deixar a impressão que pertence a um grupo de ungidos aos quais todos os demais devem adoração ou submissão é tão absurdo em nossos dias que causa espécie que tenha a coragem de assim se portar.
Barison parece ser incapaz de lidar com a adversidade, de dialogar com o diferente e mostra a todo tempo só conhecer no exercício do cargo a linguagem da intimidação sobre quem com ele não se alinha.
Mococa não merece isso. Uma frase dita pelo prefeito em sua sofrível transmissão ao vivo é a pura verdade: o melhor de Mococa é o povo. Um povo acolhedor, que fez recentemente mais um estrangeiro prefeito: o próprio Barison não é nascido em Mococa.
Por esse povo, deveria Barison ter a compostura de portar-se como prefeito e responder aos questionamentos da imprensa, no mínimo, com respeito. 

Publicado na versão impressa de DEMOCRATA, Edição 1660 de 20 de março de 2021, p. 3

Mais notícias

Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais