SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34



712 casos e 3 mortes: Palácio do Planalto finge passar incólume pela Covid

11/01/2022

Compartilhar



Em dois anos de pandemia, 712 pessoas que trabalham no Palácio do Planalto tiveram Covid-19 e três morreram. Apesar do presidente Jair Bolsonaro minimizar a pandemia, a doença soma 22 milhões de casos e matou mais de 600 mil pessoas no Brasil.

O presidente diz que não tem conhecimento de casos graves no Planalto e que cerca de 200 servidores que tiveram a doença tomaram os remédios do tratamento precoce, com o uso de medicamentos sem a eficácia comprovada pelas autoridades mundiais de saúde. As informações são do portal Metrópoles com dados da Secretaria Geral da Presidência.

Dos 4.000 servidores do Palácio do Planalto, 270 foram diagnosticados com Covid-19 no ano passado e outros 442 em 2020.

O Departamento Médico da Presidência receitou remédios como cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina e nitazoxanida para pacientes com suspeita ou caso confirmado da doença.

Alguns servidores da Presidência não usam máscara no ambiente de trabalho. Bolsonaro é contrário ao uso da proteção e já chegou a declarar que é proibido o uso do acessório dentro de seu gabinete. 

Com informações de ISTOÉdinheiro



Comentários


















Leia também:

Tapiratiba
Seguem aulas de cursos do SEBRAE de Administração e Corte e Costura

São Sebastião da Grama
Com apoio de Barros Munhoz, estrada de Grama a Caconde será recapeada

Casa Branca
DIPAM já pode ser entregue pelo produtor rural de Casa Branca

Caconde
Prefeitura dá prazo para limpeza de terrenos. Depois, cobrará pelo serviço

Mais notícias…




Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais

contato@jornaldemocrata.com.br