SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO – ANO 34



Dengue: prevenção e eliminação de criadouros do mosquito pode salvar vidas

19/01/2022

Compartilhar



O baixo índice de casos de Dengue em São José do Rio Pardo é resultado de um trabalho efetivo e contínuo durante todo ano pelos agentes de Endemias do Setor de Zoonoses. Atualmente, o município registra 6 casos positivos da doença.


Durante as vistorias domiciliares na manhã de terça-feira (18), pelo bairro Maria Boaro para a eliminação de possíveis criadouros do mosquito, também foi realizado um trabalho de orientação junto aos moradores.


Os ovos do mosquito podem durar até um ano e eclodem ao entrarem em contato com a água. E é preciso muita atenção mesmo porque as larvas podem estar nos lugares mais inesperados. Foi-se o tempo em que bastava ficar atento aos quintais e pratinhos de plantas. Os agentes de saúde ficam de olho até em troncos de árvores, já que o lugar acumula água parada e pode virar criadouro do mosquito Aedes aegypti, principal transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e o vírus da Zika. 



Comentários


















Leia também:

Saúde
Conheça o potencial dos relógios inteligentes para monitoramento de crônicos

Utilidade Pública
Cuidados com a sobrecarga de chuveiros elétricos devem aumentar durante o frio

Proteção animal
Cachorro no frio: o que fazer? Comportamentalista dá dicas que escapam ao comum

Opinião
Desglobalização: uma tendência para a indústria de alimentos e bebidas?

Mais notícias…




Jornal Democrata
São José do Rio Pardo e Região
Whats 19 3608-5040
Tel.: 19 3608-5040

Siga-nos nas Redes Sociais

contato@jornaldemocrata.com.br